Descubra oito exercícios para reduzir o queixo duplo

O queixo duplo é uma formação inestética da pele causada pelo acúmulo de tecido adiposo sob a área do queixo.Embora seja natural que a pele perca sua elasticidade ao longo dos anos, isso não significa que a aparência do queixo duplo não possa ser evitada.

Fatores que fazem com que o queixo duplo apareça

A pele flácida que fica pendurada na área sob o queixo causa a formação de queixo duplo. Essa imperfeição pode ser causada por fatores externos e fatores genéticos, mas é bastante comum em pessoas mais velhas e com excesso de peso.Exposição prolongada ao sol

A exposição prolongada ao sol desidrata os tecidos da pele, fazendo com que isso perca o colágeno naturalmente presente nele e, consequentemente, também perca a elasticidade. Esse tipo de envelhecimento aumenta a probabilidade de a pele relaxar e se soltar na área da mandíbula, onde há mais tecido presente.

ObesidadeA obesidade também pode ser uma causa adicional de formação de queixo duplo, já que o excesso de peso facilita o acúmulo de gordura abaixo das mandíbulas. A pele, neste caso, é esticada e causa a formação do queixo duplo.

Envelhecimento

A idade de uma pessoa também pode afetar a aparência de um queixo duplo.As pessoas mais velhas tendem a desenvolvê-lo, pois sua pele tem menos colágeno e, portanto, é menos elástica.Os tecidos mais fracos tendem a cair e se acumular sob o queixo, formando essa irritante imperfeição.

Perda de peso rápida

As pessoas que perdem peso rapidamente acabam desenvolvendo o chamado queixo duplo:a gordura e o tecido adiposo diminuem com dieta e atividade física em alta velocidade, mas não no mesmo ritmo que pele, causando assim um excesso de tecido sob a mandíbula.Fatores genéticos

Existe uma certa predisposição genética para desenvolver o queixo duplo. Isto é devido a fatores fisiológicos e biológicos. Por exemplo, pessoas com pescoço relativamente curto e mandíbulas pequenas são mais propensas a desenvolver queixos duplos.

Evitar o aparecimento do queixo duploPara evitar o aparecimento desta imperfeição irritante,devemos cuidar da nossa pele, protegendo-a contra danos causados ​​pelo tempo e pelo sol.

A seguir veremos alguns bons hábitos a serem postos em prática para evitar o aparecimento do queixo duplo:

Não se exponha ao sol por muito tempo nos períodos em que a luz é mais intensa (geralmente das nove da manhã até as três da manhã) tarde).Aplique protetor solar no pescoço.

Beba muita água para manter sua pele bem hidratada.

Aumente a atividade física para queimar gordura e tonificar músculos e pele.Faça massagens na área afetada para promover o desenvolvimento e a regeneração das células.Use cremes para manter a pele do pescoço hidratada.

  • Exercícios para eliminar o queixo duplo
  • Para remover o excesso de pele e reduzir o queixo duplo, é possível recorrer a procedimentos invasivos, como a cirurgia plástica. No entanto, existem métodos muito mais baratos e menos arriscados, como, por exemplo, realizar uma série de exercícios todos os dias para eliminar essa imperfeição irritante
  • . Existe uma grande variedade de exercícios que, se feitos consistentemente, ajudam a firmar a pele.
  • Em seguida, veremos quais são os mais recomendados para o queixo duplo: Kiss 1. Beijo
  • Sentado em uma cadeira, com os pés apoiados no chão, estique o pescoço o máximo possível, mantendo a cabeça reta. Nesse ponto, esticamos nossos lábios para frente, como se estivéssemos mandando um beijo para alguém. É aconselhável fazer pelo menos três séries de dez repetições cada.
  • 2. Beijo para o céu
Este é um exercício semelhante ao anterior, mas neste caso devemos levantar a cabeça tanto quanto possível, esticar o pescoço e esticar os lábios com a cabeça inclinada. É aconselhável fazer pelo menos três séries de dez repetições cada.

3. Massagem no pescoçoO exercício seguinte deve ser realizado pelo menos três vezes por dia, todos os dias. Temos que levantar a cabeça, esticar o pescoço e abrir um pouco a boca ao mesmo tempo. Neste ponto, colocamos uma mão no pescoço, sob o queixo, exercendo uma leve pressão, depois descendo, esticando a pele para baixo. Rotação 4. Girar a cabeçaPrimeiro, teremos que esticar o pescoço para trás (o máximo possível, mas sem esforço) e manter essa posição por cinco segundos. Depois, repetiremos o mesmo exercício, mas desta vez esticando a cabeça para baixo, depois para a esquerda e para a direita, mantendo sempre a posição por cinco segundos. Você tem que tentar não mexer os ombros e mantê-los relaxados.

É aconselhável repetir este exercício todos os dias.

5. Levantando o queixo

Mais uma vez, vamos levantar a cabeça, tanto quanto possível. Com a boca fechada, vamos esticar o pescoço, inclinando levemente a cabeça para trás: desta forma, o queixo deve subir e inclinar-se para a frente. É aconselhável realizar dez repetições três vezes ao dia.

6. Sorria para baixo

O sorriso para baixo ajuda a manter os músculos do pescoço em forma.

Para fazer isso corretamente, vamos precisar criar tensão nas laterais do pescoço mantenendo, mantendo a posição por alguns segundos e depois relaxando os músculos. É aconselhável alcançar no máximo dez repetições, três vezes ao dia, durante a semana.

7. Bola de tênis

Para realizar este exercício, teremos que usar uma bola de tênis, colocá-la no pescoço e apoiá-la com o queixo. Neste ponto, empurraremos com força a bola em direção ao pescoço por alguns segundos e depois afrouxaremos a pressão, sem deixá-la cair. Vamos repetir este exercício dez vezes.8. Goma de mascar

Este é um exercício muito simples, que não requer tempo nem uma grande habilidade: a goma de mascar ajuda a manter as mandíbulas em forma. É aconselhável usar goma de mascar sem açúcar.

Podemos combinar estes exercícios uns com os outros e planejar uma rotina personalizada adaptada às nossas necessidades particulares, sem esquecer que

nunca devemos forçar nossos músculos:

devemos parar assim que começarmos a nos sentir cansados. Da mesma forma, é importante lembrar que a constância na realização dos exercícios é essencial.Remédios alternativos para reduzir o queixo duploHá também outros fatores que podemos levar em conta quando queremos reduzir o queixo duplo

: por exemplo, a maneira como andamos, certos hábitos relacionados à maneira como dormimos e até a quantidade de água que bebemos .

Ao mesmo tempo, também podemos usar alguns remédios naturais que se aplicam diretamente à área afetada, com base em ingredientes como maçã ou limão.

Mantenha uma postura ereta

Manter a cabeça inclinada por muito tempo promove o relaxamento da pele do pescoço a longo prazo:devemos sempre tentar manter a cabeça reta, em uma postura neutra, nem muito para frente nem muito para trás.

Se trabalharmos no computador, devemos sempre tentar manter a nuca ereta e os olhos na altura da tela.Durma com um travesseiro finoSe dormimos com um travesseiro muito grosso, forçamos nosso pescoço a inclinar demais

: é melhor, portanto, escolher um mais fino que nos permita descansar em uma posição mais alinhada.

Remédios à base de frutasO melão tem propriedades que tonificam a pele.

Pessoas com muitas rugas no pescoço, braços e pernas, bem como com o queixo duplo, podem aplicar gaze embebida em suco de melão nas áreas afetadas: este remédio, se aplicado constantemente todos os dias, dará Seus resultados em algumas semanas.

Da mesma forma, até mesmo a maçã pode ser usada para massagear áreas onde a pele é mais flácida.

Finalmente, existem outros métodos não invasivas ou minimamente invasivaspara reduzir a dupla queixo, tais como tratamento com radiofrequência, laserpolisi ou electroestimulação: deve-se dizer, contudo, que embora estes métodos são eficazes, eles por vezes pode ser doloroso e caro.

Quando o queixo duplo é formado devido a um excesso de tecido leve ou moderado, ele pode ser tratado com sucesso sem ter que recorrer a clínicas especializadas. No entanto,

é sempre melhor consultar um médico

que possa nos orientar para o tratamento mais adequado para nós.

Veja Também
10 Truques na cozinha para reduzir a dor nos joelhos Remédios Naturais
8 Razões para beber vinho tinto (com moderação) Bons Hábitos
Dicas para um teste de alergia casa Bons Hábitos