Como detectar a tempo a curiosidade tireóide

O diagnóstico precoce é vital em qualquer doença. No caso da tireóide e das alterações dessa glândula, é muito fácil identificar os sintomas, pelo menos durante as primeiras frases.

No entanto, esses sintomas podem estar associados a outros distúrbios ou disfunções do corpo, portanto, deve-se ter cuidado com o que acontece em nosso corpo.Sem se tornar paranóico, mas dando à coisa a importância que ela merece. Falaremos mais detalhadamente neste artigo.

O que saber sobre a glândula tireóide

Antes de falar sobre os sintomas, é bom saber um pouco mais sobre essa doença chamada tireoidite. Basicamente produz alterações no corpo, inicialmente não muito evidentes, mas que se manifestam cada vez mais ao longo do tempo. Qualquer disfunção da tireóide pressupõe uma mudança em nosso organismo, os órgãos são afetados e isso pode afetar nossa saúde em geral.

Problemas de tireoide são mais comuns em mulheres e os sintomas se manifestam como irregularidades no ciclo menstrual e infertilidade. Ered O fator hereditário também é decisivo. Se alguém da família sofreu com esse problema, há grandes chances de sofrer por sua vez.É necessário saber que a tireóide regula o metabolismo e está conectada a todas as funções corporais, físicas e intelectuais.

A principal função desta glândula é produzir dois hormônios (cujos nomes estão T3 e T4), que representam o "combustível" porque todas as células podem funcionar corretamente.Existem dois tipos de alterações na glândula tireóide. Eles são conhecidos como hipotireoidismo e hipertireoidismo. O primeiro é o mais comum e faz com que os órgãos trabalhem mais devagar, é caracterizado pelo ganho de peso. O segundo apresenta sintomas mais evidentes e pode resultar em uma rápida perda de peso sem fazer dietas ou atividade física. Um problema que pode ocorrer em ambos os casos é o bócio, que ocorre quando a glândula cresce demais e, consequentemente, aumenta o tamanho do pescoço.

Quais são os sintomas da doença da tireóide?

Porque é um mau funcionamento de uma glândula e a produção incorreta de hormônios, muitos sintomas diferentes podem ocorrer. Alguns deles são:

diarréia freqüente

  • perda constipação
  • Cabelo
  • seco
  • Intolerância pele para mãos e pés frios
  • depressão e baixa auto-estima
  • fadiga
  • oleosa ou fadiga crônica
  • Fraqueza
  • falta de concentração e memória
  • cabelos quebradiços desequilíbrios no ciclo menstrual
  • menstruação abundantes Problemas elevados de colesterol
  • na falta do sistema imune do sono e
  • insónia aumento
  • ou diminuição de peso inflado pescoço (bócio)
  • bócio é um aumento do tamanho da glândula da tiróide. Externamente, se traduz com um inchaço na parte anterior-inferior do pescoço, logo abaixo da laringe.

Menos qualidade da ovulação

  • Apatia
  • Isolamento social
  • Aparecimento de nódulos benignos
  • Como esta doença pode ser detectada a tempo?
Em primeiro lugar, é necessário considerar os sintomas descritos acima, se eles são recorrentes ou se são mais do que um ao mesmo tempo.

Da mesma forma, é muito importante conhecer o histórico familiar (se pais, tios ou avós tiveram problemas de tireoide). Então, você precisa consultar um médico especialista, que avalia a situação palpação do pescoço (isto é onde você dizer se você está sofrendo de hiper ou hipotireoidismo).Por sua vez, um exame de sangue para determinar os valores de TSH ehormona da tiróide Depois de fazer isso, a pessoa pode receber um diagnóstico confiável e, se necessário, tomar medicação ou recorrer a alguma prática médica ( que pode ser uma operação cirúrgica para eliminar o bócio ou tomar iodo-radioativo para "queimar" a glândula não funcionante).

Na maioria dos casos, o paciente deve tomar remédio para a vida por, para recuperar seu estilo de vida e, acima de tudo, reduzir os sintomas e mantê-los sob controle. Também é importante aprender a conviver com essa doença que, se tratada a tempo, não impedirá que você continue suas atividades normalmente.

Os especialistas dizem que uma simples pílula diária é suficiente para regular o trabalho da glândula tireóide, de modo que produz os hormônios nas quantidades necessárias.Por ser uma patologia fácil de identificar e com um atendimento relativamente simples, o importante é reconhecê-la a tempo de evitar operações cirúrgicas ou outras práticas mais invasivas.

O ideal é "intervir no tempo", antes que a doença se espalhe e comprometa a qualidade de vida do paciente.Imagens cortesia de Teresa Winslow, cbgrfx123, Rochelle Hartman, Jerry Kirkhart e Andy Melton.

Veja Também
7 Maravilhosos benefícios da respiração profunda Fatos Interessantes
ÁGua de agua para desintoxicar o fígado Remédios Naturais
9 Alimentos que promovem a saúde do seu fígado Bons Hábitos